Carta do Seguro destaca crescimento dos ramos de seguro de Vida Individual, de Vida Coletivo, de Residencial e de Automóveis

10 de Maio de 2018

Carta do Seguro destaca crescimento dos ramos de seguro de Vida Individual, de Vida Coletivo, de Residencial e de Automóveis

Em sua 18ª edição, publicação também aponta, por outro lado, a involução nos Planos de Acumulação VGBL e PGBL

Os dados do setor segurador referentes ao mês de março, divulgados recentemente pela Susep, destacam o crescimento dos ramos de Seguro de Vida Individual (12,8%), Residencial (10,9%), Vida Coletivo (9,8%) e de Automóveis (8,4%).

Ainda assim, na comparação do primeiro trimestre de 2018 com o de 2017, descontados DPVAT e Saúde, a arrecadação geral do setor caiu 0,4%, impactada pelos Planos de Acumulação VGBL e PGBL, que involuíram 8,9%.

Estes são alguns pontos destacados pelo editorial do presidente da CNseg, Marcio Coriolano, na 18ª edição da Carta do Seguro, que faz mensalmente uma aprofundada análise de conjuntura do setor segurador baseado nos números divulgados pelos reguladores. 

A publicação, que também conta com artigo do economista da Escola Nacional de Seguros Lauro Faria, destaca, entre outros pontos, que, em março, a arrecadação em prêmios e contribuições do mercado segurador regulado pela Susep foi 25,4% maior que a arrecadação de fevereiro. Entre as justificativas, segundo Lauro, o fato de os meses de janeiro e fevereiro serem, tradicionalmente, de queda na atividade seguradora devido às festas de fim de ano, às férias de verão e ao Carnaval.

>> Clique aqui para ler a 18ª Edição da carta do seguro na ìntegra
 

*Permitida a reprodução desse material, desde que citada a fonte
© Copyright 2016 | FenSeg | Rua Senador Dantas 74, 8º andar - Centro - Rio de Janeiro, RJ - CEP 20031-205 | Tel. 21 2510 7777